3

Transporte

A economia da Bicicleta no Brasil

Esta dimensão trata da participação econômica da bicicleta a partir do modo como ela é utilizada nas esferas doméstica e comercial.

 

Para entender a primeira, foram analisadas cinco famílias de classes socioeconômicas diferentes que usam a bicicleta como meio de transporte e o impacto dessa escolha no orçamento. No âmbito comercial, na chamada ciclologística, foram realizados dois estudos: um de caso, com empresa de entregas por bicicletas, como alternativa aos motoboys, e outro de caracterização da atividade, nos estabelecimentos comerciais no bairro do Bom Retiro, em São Paulo, que usam triciclos e bicicletas para fazer entregas.

3.1

Uso

Pessoal

 

Refere-se à utilização da bicicleta como meio de transporte para a realização de deslocamentos casa-trabalho, viagens motivadas pelo lazer e compras

Para as coletas dos dados abaixo  foi realizado um estudo de caso com cinco famílias de diferentes classes socioeconômicas residentes na capital e na região metropolitana do Rio de Janeiro e nas quais pelo menos um dos membros tenha assumido ser usuário da bicicleta como meio de transporte.

Gastos por meios de transporte

em substituição das viagens por bicicleta conforme análise das 5 famílias

3.2

Ciclologística

 

É a utilização da bicicleta como meio de transporte para prestação de serviços, entregas de mercadorias ou desenvolvimento de atividades profissionais em horário de trabalho. Compreende duas vertentes: serviços de entregas e transporte corporativo.

Por ser uma atividade não captada por estatísticas oficiais, foram realizados um estudo de caso e um estudo de caracterização da atividade em uma empresa de entregas urbanas e outro sobre as entregas feitas por bicicleta pelos estabelecimentos comerciais do bairro Bom Retiro, em São Paulo.

Estudo de caso de uma empresa

de entregas urbanas (bike courrier)

Fonte: dados informados pela empresa entrevistada